Ainda sobre a tentativa frustrada de tomar Badajoz pela traição em 1652

010_badajozgainza1658

No seu magnífico blogue Puertas de Badajoz, o estimado amigo Sr. Julián García Blanco publicou um interessantíssimo artigo sobre os sargentos traidores e o local onde essa traição deveria ter sido consumada em 1652. Devido aos afazeres profissionais que me mantiveram algum tempo ausente da blogosfera, não me tinha ainda sido possível consultar o excelente artigo. Aqui fica a reparação deste atraso, dando o devido destaque a um blogue cuja leitura, no seu todo, é imprescindível para quem gosta de História. Para mim, claro, é uma enorme satisfação poder ficar a conhecer mais sobre o episódio que foi aqui focado numa série de seis artigos.

Imagem: “Corographía y descripción del territorio de la Plaza de Badajoz y fronteras del Reyno de Portugal confinantes a ella” (1658), de Bernabé de Gaynza, in La Memoria Ausente. Agradecimentos a Carlos Sanchéz e à Editora 4 Gatos.

Anúncios

2 thoughts on “Ainda sobre a tentativa frustrada de tomar Badajoz pela traição em 1652

  1. Para mi, que no me dedico profesionalmente a la investigación histórica, tus cometarios me animan a seguir con esta afición, tan adictiva, que me alegro de compartir contigo.

  2. Muito obrigado pelas tuas palavras de ânimo, amigo Julián. E pela ajuda que me tens dado, com o envio de documentos a que de outro modo não poderia aceder. Por isso, este blogue é, afinal, um trabalho que não é só meu, mas de todos os que têm colaborado, de uma forma ou de outra, para a sua continuidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s